Google inicia operação de centro de computação em nuvem em São Paulo

O Google inaugurou nesta terça-feira, em São Paulo a primeira central de processamento de dados da empresa na América do Sul. A gigante da tecnologia, que integra a holding Alphabet, tem um planejamento para intensificar sua presença no setor de computação em nuvem no Brasil. A região de Cloud São Paulo, como é chamado o espaço, permitirá o pagame

A região de Cloud São Paulo, como é chamado o espaço, permitirá o pagamento em reais para clientes brasileiros. Para atrair esses usuários, o Google aposta ainda no aumento de velocidade do serviço prestado. Isto porque, com uma unidade em São Paulo, a latência, isto é, o tempo que uma informação leva para ir do centro de dados para o cliente, deve

Em testes realizados pela empresa, a latência de acesso à região Cloud São Paulo foi, em média, de 36 milissegundos, ante 170 milissegundos para conexão com o centro do Google no Estado americano da Carolina do Sul, o mais próximo do Brasil.

Entre os clientes brasileiros anunciados pelo Google estão a start-up Movile -- que gerencia as marcas iFood e Spoonrocket-- e a Youse, plataforma digital da Caixa Seguradora. Além dos clientes brasileiros, a nova unidade em São Paulo deve atender ao público do Chile e da Argentina.