Em um esforço para garantir um maior grau de segurança e desempenho nos aplicativos Android, o Google anunciou que só permitirá aplicativos de 64 bits na Play Store a partir de agosto de 2019.

 

“Hoje, mais de 40% dos dispositivos Android têm suporte de 64 bits, enquanto ainda mantêm a compatibilidade de 32 bits. Para aplicativos que usam bibliotecas nativas, o código de 64 bits geralmente oferece um desempenho significativamente melhor, com registros adicionais e novas instruções”, afirmou a empresa em seu blog para desenvolvedores.

 

Caso o aplicativo tenha uma biblioteca de 32 bits, os desenvolvedores também precisarão adicionar uma alternativa de 64 bits dentro do mesmo APK ou como um dos vários APKs que são enviados para publicação.

 

Além disso, a gigante da tecnologia observou que em breve começará a adicionar metadados de segurança para verificar a autenticidade dos aplicativos e terá novos requisitos de nível de API, que entrarão em vigor no final do ano que vem.

 


Fonte: Olhar Digital