Cada estilo conta uma história. Conheça a moda sob um novo olhar com o Google.

Novo smartwatch da Samsung pode rodar Wear OS da Google.

A Samsung lançará em breve seu novo modelo de smartwatch, o Gear S4, mas as especulações sobre a versão seguinte do vestível já começaram. De acordo com um relato publicado no site chinês Weibo, o próximo aparelho da empresa deve utilizar o Wear OS, desenvolvido pela Google.

A fonte da informação é o perfil Ice Universe, conhecido por vazar notícias sobre tecnologia. O relato não esclarece se o suposto relógio integraria uma linha separada dos dispositivos atuais, que usam o Tizen, feito pela própria Samsung, ou se será uma mudança geral para o sistema da gigante das buscas.

 

1

 

A questão, pelo que alega Ice Universe, é que a Samsung e a Google estariam trabalhando em conjunto em um novo relógio topo de linha, previsto para ser lançado na segunda metade de 2018.

Caso isso se confirme, significa que a empresa coreana planeja manter o Tizen em primeiro plano com o Gear S4, mas também vai trabalhar em um smartwatch com o outro sistema.

De acordo com um relato do diretor do setor de vestíveis da Qualcomm, Pankaj Kedia, a multinacional americana e outros parceiros estão trabalhando para lançar dispositivos Wear OS com um novo processador Snapdragon diferenciado. O comentário fortalece a possibilidade de um aparelho de referência estar sendo feito pelas duas companhias.

Embora a estratégia pareça estranha a princípio, isso não seria algo sem precedentes no que diz respeito à Samsung. Os relógios inteligentes da empresa têm sido, tradicionalmente, ancorados no Tizen, mas isso não impediu que houvesse mudanças em alguns casos. Em 2014, o Gear Live rodava o Android Wear.

O Galaxy Gear original, por sua vez, foi inicialmente lançado com Android, mas mudou de sistema operacional para o Tizen por meio de uma atualização de firmware.