Cada estilo conta uma história. Conheça a moda sob um novo olhar com o Google.

IA da Google achava que “eu te amo” era uma boa resposta para emails.

gmail

Junto com o lançamento do novo Gmail em abril deste ano, a Google trouxe também as “respostas inteligentes”. Esse recurso de IA serve para identificar o conteúdo das mensagens que você recebe e, a partir disso, sugerir algumas respostas consideradas adequadas para aquela situação. Hoje, essa ferramenta funciona muito bem, mas, durante seu período de testes, era mais engraçada do que útil. Uma das sugestões de resposta mais comuns que os testadores viam era “eu te amo”.

Isso para qualquer tipo de email que os usuários recebiam, mesmo sendo de colegas de trabalho, independente do conteúdo. “Você definitivamente não quer responder isso pro seu chefe”, disse Ajit Varma, diretor de gerencia de produto na Google, ao Wall Street Journal. Depois de perceber isso, a empresa precisou modificar o algoritmo responsável por encontrar respostas e sugeri-las para os usuários.

Além de “eu te amo”, o Gmail ainda achava que “enviado do meu iPhone” era uma boa resposta para emails. Isso porque essa frase infame aparece por padrão no final de mensagens escritas com o cliente de email padrão do iOS. Dessa maneira, enquanto a IA da Google verificava conversas por email para seu treinamento, a frase acabou sendo confundida como uma resposta plausível, por estar sempre no fim das mensagens.

Útil?

Mesmo sendo engraçado em muitas ocasiões, algumas pessoas não gostaram das respostas inteligentes do Gmail. Um dos usuários que deu feedback para a Google a respeito do recurso explicou sentina um pouco de desumanização no processo de conversa por email.

“Quando estou do outro lado, eu sinto que as pessoas não se deram nem ao trabalho de escrever uma resposta de verdade. A gente chegou a esse nível?”, comentou.

Outra pessoa disse que a linguagem era muitas vezes inapropriada. Em várias circunstâncias, a IA da Google sugeria coisas “massa” e “maneiro”. “Eu não sou moleque surfista”, disse o usuário.

Por conta desse feedback negativo, em breve a Google deve incluir uma opção no serviço que possa desabilitar completamente a exibição das sugestões de respostas inteligentes. Essa novidade deve estar disponibilizada nas próximas semanas.

Fonte: Tecmundo