Mudanças recentes feitas pela Google na área de desenvolvedores da Play Store trouxeram uma novidade que pode ser interessante para as empresas por trás dos apps, mas nem tanto para os usuários que gostam de personalizar a fundo seus aparelhos.

“A sua ideia se transformará em quê?, dizia o painel do anfiteatro de Mountain View durante a conferência de desenvolvedores Google I/O 2017, que acaba de começar na sede da Califórnia. Sundar Pichai, o CEO do Google, rodeado de 7.000 desenvolvedores, mostrou as ferramentas do buscador para passar de uma ideia a um produto. Para o Google o software é o que torna possível que os humanos façam mais com seus aparelhos. Não o mostram como algo elevado, mas como um convite a que mais e mais pessoas adiram a um mundo que apresentam como uma explosão de criatividade.

Empresas confirmaram nesta semana que foram vítimas de fraude milionária, mas destacam que recuperaram a maior parte dos fundos roubados

O desenvolvimento de um produto tão complexo quanto um carro autônomo não envolve apenas a tecnologia mirabolante que permite ao veículo trafegar sem a intervenção humana. É preciso antecipar cenários dos mais criativos para prevenir os passageiros de problemas.

Já disponível para Chrome e aparelhos Android, versão repaginada da ferramenta levou dois anos para ser desenvolvida.

Google segue apresentando suas novidades para desenvolvedores no evento I/O 2017, que acontece até esta sexta-feira (19). Neste segundo dia (18) de eventos, a Gigante das Buscas apresentou várias novidades relacionadas à plataforma Daydream, de realidade virtual (ou “virtual reality” — VR), e à Tango, de realidade aumentada (ou “augmented reality” — AR).

Plataforma de chat corporativo integra programa da gigante de tecnologia que paga estudantes para trabalharem em projetos open source

Google aproveitou seu evento I/O 2017 para anunciar que o sistema Google Home vai ganhar uma atualização que possibilita realizar ligações telefônicas. No entanto, ao contrário do que acontece com o Amazon Echo, o novo sistema só deve possibilitar a realização das chamadas, e não o recebimento delas.

Rede de fast food lançou comercial com comando 'OK, Google", ativando dispositivos Google Home próximos à TVs. Gigante de tecnologia desabilitou funcionalidade